Este ano de 2017 é especialmente simbólico para a Revista Comunicando. Pela primeira vez, lançamos um número especial, em julho, com uma versão impressa, que resulta de uma parceria estabelecida pelos editores da revista e a Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC). A todo este simbolismo acresce o tema e o homenageado que aqui evocamos. 
Paquete de Oliveira, jornalista, sociólogo e antigo provedor de leitores e telespectadores, desapareceu do nosso convívio em 2016, gerando um consenso difícil de igualar nos dias que correm. Pela inspiração académica, generosidade, simpatia e educação no trato. Ainda que possa ser uma tarefa difícil de cumprir, não se pretende aqui registar com melancolia e pesar a figura de Paquete de Oliveira. Do Funchal ao continente, da sociologia à comunicação, Paquete trouxe consigo marcas importantes que não escapam a uma certa nostalgia, é certo. No entanto, este volume 6, número 1, da Revista Comunicando inspira-se fundamentalmente numa das temáticas que porventura terá sido mais próxima a Paquete de Oliveira, do ponto de vista académico e mediático, com a sua particular atividade como jornalista e provedor de leitores e espectadores, colocando em análise a inscrição da cidadania nos meios de comunicação social.

Publicado: 2020-06-04