Ao lançar a Revista Comunicando, um projeto científico, os jovens investigadores da SOPCOM criam um espaço, que é corpo, palavra e sopro de uma geração que não dobra a cerviz. Todos sabemos como a nossa época é madrasta para com a juventude, pois que a deixa entregue à sua sorte, condenando-a a um desemprego injusto ou induzindo-a a abandonar país, num inaudito desperdício de competências. Uma revista científica constitui sempre, todavia, uma atitude de resistência e uma palavra de promessa. Através de um desenho de linhas e de um alinhamento de pontos, com todos, linhas e pontos, a perfazer cordas tensas, ao mesmo tempo físicas e tácteis, a Revista Comunicando ergue-se contra o abandono, o isolamento e a resignação, qual porto de abrigo, contra a inclemência do tempo. Sendo, pois, um drapeado de pontos e linhas, entrançados como cordas tensas, contra o abandono, o isolamento e a resignação, espera-se que a Revista Comunicando possa ligar, pelo conhecimento e pelo pensamento, esta geração de jovens investigadores de ciências da comunicação, de modo a que flutuem e se mantenham abrigados na incerteza do tempo presente,  respondendo, por outro lado, com ousadia, a uma época que perdeu o sentido e a largueza do espírito de comunidade.

Publicado: 2020-06-04